LuMoraes

"Me encante com uma certa calma, sem pressa. Tente entender a minha alma". Pablo Neruda

Textos


(Imagem google)



Mais Uma Primavera
no Outono da Minha Vida!




 
Mais um ano, no calendário da minha vida!
Quisera fosse somente de flores, sem ervas daninhas.
Esse é meu primeiro aniversário sem minha mãe querida,
Foi-se também, há pouco, minha irmã, outra triste partida!

Hoje deveria ser um dia festivo... é mais um ciclo de vida,
mas são tantos os motivos adversos que sinto-me perdida.
No silêncio das sombras do meu eu, não vejo nenhuma saída,
tento encontrar palavras, sentimentos e sentido na vida.

Ouvir minha própria voz indicando-me direções, acolhida.
Nesse momento de confinamento e emoções incontidas,
falta-me o calor dos abraços apertados, felicitações sentidas.
Tudo em volta é de cor cinza e antes a vida era tão colorida!

No outono da minha vida, as folhas caem e sinto-me despida
de sonhos, fé  e esperança, quiçá, por Deus eu seja ouvida
e Ele conforte meu coração e minh’alma, castigada e sofrida
pelo vazio que em mim deixaram as perdas tão significativas.

Mais uma primavera, no outono da minha vida...
do vento que tudo leva, menos a saudade, velha conhecida.
Idade nova, coração cansado e ações nem sempre assertivas,
mas a vida continua...e tudo passa, até essas lágrimas ressentidas!


04/04/2020 – Mais uma primavera, no outono da minha vida!
Que Deus me dê saúde, força, fé e esperança para continuar a minha missão. Gratidão!





 
Obrigada pelo acesso. Deixe o seu comentário
para que eu possa retribuir o carinho da sua visita.






http://www.luciamoraes.prosaeverso.
Lucia Moraës
Enviado por Lucia Moraës em 04/04/2020
Alterado em 04/04/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras